Casamento - Parte III - Os Noivos

14.7.11 •♥ Sra. N ♥• 13 Comments

Respeito o gosto e escolha de cada um, e no nosso casamento nós fizemos as nossas escolhas.


Noivo
Era certo que Sr. N usaria um costume normal,  pois nem ele, nem eu gostamos dos trajes tradicionais para noivos.

Então, ele aproveitou uma viagem de trabalho e trouxe um Costume Dior na Mala. Com isso só foi preciso comprar aqui um belo sapato novo. E demais complementos como Camisa e Gravata.



Noiva
Eu, NUNCA gostei de vestidos de noiva. Pausa para o drama...rs

É sério, acho bonito nos outros, nunca me imaginei em um. Não por achar que eu ficaria solteira a vida toda, longe disso, mas porque eu não me via dentro de um. Acho vestido de noiva muito volumoso, não gosto muito da cor branca, rendas.... Bom, vou parar de fazer minhas críticas para não ser apedrejada em praça pública....

Então quando resolvemos casar na igreja, com direito a vestido de noiva, começou o meu drama.

  • Primeiro porque eu sou alta e grande, dependendo do volume do vestido ficaria parecendo mais uma vendedora de acarajé que uma noiva. Queria algo reto e sem brilhos exagerados.
  • Segundo não gosto de branco, só como complemento, mas tudo branco, não combina comigo, é coisa para funcionário da área hospitalar, eu precisava trabalhar muito isso na minha cabeça antes de usar um vestido dessa cor. 
  • Terceiro porque não estava disposta a comprar um vestido nem fazer primeiro aluguel e ter que dar um rim em troca de um pedaço de tecido para ser usado por algumas horas. Acho que as lojas de vestido de noiva exageram nos valores "roubados" das sonhadoras noivas. Pronto falei!
  • Quarto ele fez o acordo do costume comigo, e eu do véu e grinalda, que seria sem ela minha composição. E sem marcha Nupcial na Igreja.

Mas, (sempre tem um mas), ouvi minha mãe, e la fomos nós, rumo a rua das noivas (Rua São Caetano) aqui em SP.


Entrei em uma loja, vendedora tentou encontrar algo que fosse sem brilho e sem volume, mas só encontrou pronto um vestido que acho que foi da vó dela de tão velho e sujo que estava.


Quando viu minha cara de descontentamento falou: 
- Podemos fazer um primeiro aluguel, no modelo do seu gosto, se for algo assim simples, fica 1.500,00, se for algo +/- como aquele outro (com mais detalhes)fica em 3.000,00. 


E minha cabeça pensando que com esse valor pagaria o piso do apartamento todo, não compro um vestido que nem será meu pra usar por 6 horas de uma noite. Desculpe gente, mas eu sou muito prática com tudo na minha vida, e não seria justo no meu casamento que eu deixaria de ser.


Quando vc é solteira, sozinha, vc não fica comparando o valor das coisas a nada, simplesmente não passa vontade e compra. Mas quando vc está construindo uma casa, vc compara o valor de qq coisa ao custo dos sacos de cimento ou no nosso caso ao valor da prestação do apartamento, e na fase do casamento não foi diferente.


Já cansada, e depois da terceira loja já tinha jogado a toalha e dito a minha mãe que desistia da saga da procura do vestido. Como estávamos na região do bom retiro, resolvemos aproveitar e ir na Zepa (Rua José Paulino).


Era Dezembro, as vitrines estavam repletas de roupas brancas para o Reveillon. Comecei a me animar com isso. Passei por algumas lojas e vi alguns vestidos brancos que fariam a vez de um vestido de noiva sem rococó fácil.


Desci a rua toda, provei alguns, mas o primeiro modelo que tinha me chamado à atenção continuava em minha cabeça.


Ele era de tecido sintético meio brilhoso, tafetá, e todo trabalhado com flores no mesmo tecido. Ou seja detalhes, mas discretos. Minha mãe (que é costureira por vocação) disse que o nome daquele trabalho do vestido era Sutache/Soutache (como nesse daqui ó e aqui)


Na loja tinha azul marinho (totalmente desapropriado para ocasião), rosê (que me deixou muito pálida) e o branco, quer saber? aquilo q não tem solução, solucionado fica...rs




No centro de cada "flor" desse sutache, minha mãe costurou manualmente um cristal swarovski que comprei na 25, com brilho discreto, quase transparente.

Depois disso ele foi para a costureira, para acertar a região do busto, fazer a barra.

Melhor de tudo? o preço! e segunda melhor parte? depois do casamento eu mandaria tingir de outra cor, cortar longuete e teria uma vestido de festa cheio de lembranças boas. Quer melhor vestido de noiva que esse?

Como podem ver, Ainda usei um xale, de lã, isso mesmo, estava muito frio, e o vestido era tomara que caia, portanto para eu não me tornar uma noiva com pneumonia em plena lua de mel, tratei de resolver o problema.


Tem gente que fala que noiva não passa frio, bom, eu não queria pagar para ver bem na noite do meu casamento. E por via das dúvidas, achei melhor garantir algo quente.

No começo fiquei em dúvida se usaria só para me deslocar até igreja e salão, ou se usaria dentro da igreja. O frio daquele final de tarde resolveu por mim.

"A essa altura quem tinha dúvida que eramos uma casal resolvido, agora já teve total certeza."

O xale era de lã passion.

E o arranjo de cabeça?

Tenho cabelos curtos, e não estava disposta a deixar o cabelo crescer só para penteá-lo para casar. Deixaria de ser eu me entendem? Se sou uma mulher de personalidade, porque justo no meu casamento mudaria minha forma de ser?

Estava namorando alguns modelos da Diana Cantidio, em especial esse que achei que combinava muito com os desenhos do meu vestido. E depois também poderia usar em outras festas. Trabalho dela é lindo e maravilho e vale cada centavo! Mas, meu orçamento falou mais alto. E para meu cabelo curto uma tiara foi minha escolha. Também na Rua das Noivas. À comprei em janeiro, e duas semanas antes do casamento voltei la para dar banho de brilho.


Que fique claro ta? não tenho NADA contra quem se casa com vestimentas masculinas total, e de noiva com vestidões caros e maravilhosos. Acho bonito, respeito sua escolha. Mas não foi isso que sonhei pra mim. Nós nos casamos como escolhemos casar.

13 comentários:

  1. Olá, estou ,passando por aqui para convidar você para conhecer meu blog doce.

    Quando puder passe por lá, vai ser um prazer ter sua companhia.

    www.tatidesignercake.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu já fui o oposto, fiz tudo que tinha direito, me realizei, adorei me vestir de noiva e com certeza faria tudo novamente.
    Gastos com casamento é tudo uma questão de pesquisar, fiz tudo do meu gosto, não abri mão de quase nada e por fim o gasto total foi algo razoável e nada de exorbitante.
    Beijo,
    Lets

    ResponderExcluir
  3. Oii eu adorei seu post, eu sou como vc, tenho as minhas escolhas e pronto e ponto ! Eu acho lindo aqueles vestidos todos cheios de caldas, mas eu vestida assim não dá, pensa numa pessoa baixinha, sou eu...
    No meu casamento pra vc ter uma ideia to pensando em algo tão simples que estou avaliando a ideia de fazer uma festa junina rsrs, fica barato, rapido sem rodeios neh rsrs
    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Eu tambem tenho certas implicancias com relacao a casamento, estou num dilema danado sobre o que fazer quando envolve pouquissimas pessoas, mas fazer de um jeitinho que pareca realmente um casamento...dificil neh?
    Eu achei lindo seu vestido, de verdade, tambem acho um roubo o que cobram nesses vestidos de noiva.
    To adorando ver sobre seu casamento! Um bjao

    ResponderExcluir
  5. Adorei tudo que vc mostrou a respeito do casamento, e concordo com vc, a igreja é fantástica, mas ri muito quando li sobre o que Sr N acha do copo de leite!!! kkkkk
    Bjks.

    ResponderExcluir
  6. Tá certíssima! Meu marido casou de sandália de couro e sem gravata, eu fui com um vestido desenhado por mim. Sem brilho nenhum, sem cauda. Deixei de ter muita coisa na festa por achar que era um abuso pagar. Até poderíamos, mas preferia caprichar mais na minha casa. Enfim fomos muito felizes assim e é isso que importa. Que bom que manteve a personalidade.
    beijocas

    ResponderExcluir
  7. Oiii
    Adorei a sua praticidade.
    Eu nunca casei e nem sei se tenho paciência para este tipo de ritual, mas se um dia eu for cometer essa loucura, voltarei aos seus posts, risos!!
    Um xero grande!

    ResponderExcluir
  8. Oiee
    fui uma decisão correta: ser voce mesma no seu próprio casamento!!
    eu tbm casei de champagne, vestido mandei fazer na costureira por 150,00. É um absurdo pagar 3 mil num vestido para algumas horas! só se tiver muito dindin sobrando, claro!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. A saga valeu, estava td lindo :)))

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Seu vestido é lindo !!!
    Valeu cada bolha dos pezinhos andando a ZEPA toda rsrsrs.

    1000 beijos.
    http://apartamentoecasamento.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Isso mesmo...o casamenyo deve sempre ter a nossa cara...elé é único e não devemos abrir mão dos nossos desejos e sonhos, nem da nossa personalidade.

    ResponderExcluir
  12. Oi.
    Nossa, nunca ví uma mulher tão moderna, decidida, prática e feliz como você. Parabéns!
    Eu também não sonho e nunca me ví em um vestido de noiva. Estava tentando encontrar uma maneira de me vestir de noiva sem estar fantasiada. Você me entende, né?
    Meu namorado e eu não casamos ainda primeiro por motivos financeiros e também por estarmos sem vontade de nos fantasiar de noivos. Mas vendo como você resolveu esse "problema" estou aqui pedindo a sua permissão para me inspirar ou até mesmo copiar, se possível, a sua idéia, que achei bárbara de boa.
    E quanto aos valores de vestidos de noiva, você tem toda a razão. Eles estão caríssimos e imagine, trocar uma coisa que você vai usar a vida toda (o um piso da casa, os móveis, por exemplo) por um vestido que só vai durar umas 6 horinhas... Ah, o que vale são as lembranças: o sentimento, a familía e os amigos que estarão compartilhando do momento.
    Te desejo uma vida repleta de bençãos e muito sucesso, felicidade, paz, prosperidade e muito, muito amor.
    Mil beijos.

    ResponderExcluir
  13. Isso é que é mulher de personalidade!O que importa é ser feliz.Eu também acho um desperdício gastar o dinheiro que pode ser empregado em uma coisa que vai durar a vida toda por um vestido que só vai ser usado uma vez e depois guardado ou devolvido se for alugado.Também me casei com um vestido simples que depois pude usar em outras ocasiões.E fui e sou muito feliz.O que vale é poder viver com a pessoa que você ama e escolheu para caminhar ao seu lado toda a vida.Desejo a vocês toda a felicidade do mundo,pois vocês merecem e formam um casal muito bonito.Beijos.

    ResponderExcluir