Quando Menos É Mais

1.12.11 •♥ Sra. N ♥• 4 Comments

Vamos conversar um pouco?!?!?

Ontem aproveitei quando saí do trabalho para passar numa loja popular do caminho e comprar mais uns itens para decor de natal de casa.

Quando Sr. N chegou em casa eu estava arrumando o festão + botas na lareira, e aproveitei para perguntar a ele: "To exagerando na decor de natal? Ta ficando feio? Over?" e ele prontamente respondeu que não, que eu ainda estava indo bem. Ufa! (Esse fds acho que ja tiro foto pra mostrar a decor de casa...rs)

Pois tenho visto algumas varandas do nosso condomínio que por competição viraram um show de horror natalino...rs

E to com medo de cometer o mesmo erro....rs

E pq to falando isso? Pq ontem eu acabei que refletindo muito à respeito de exageros, sabe quando vc repara à sua volta nas pessoas? e nos detalhes?

Roupas que não ajudam o formato do corpo, sapatos que não deixam o andar elegante, e pessoas que insistem em não envelhecer o guarda-roupa. Envelhecer o guarda-roupa? é isso mesmo... ou seja, passar a idade e continuar se vestido como se tivesse 15 anos... não combina né?

Cheguei ao ponto de falar pro marido: quando eu estiver ridícula, ou passar a ser ridícula, é sua obrigação me alertar disso!

Exemplifico com acontecimentos reais. Enquanto eu almoçava, fiquei prestando atenção na fila do povo que ainda se serviria no restaurante.

Uma figura se destacou pra mim, uma Mulher, de seus mais de 50 anos que apesar de magrinha e miúda, rosto bonito, a roupa não favoreceu sua idade, usando um crocs roxo (que fique claro eu uso crocs também! e amo!), uma saia estampada de malha, curta que combinaria mais com uma moça de 20 anos e pernas bonitas. Uma blusa justinha com um colete de renda sobreposto, e um rabinho de cavalo baixo no cabelo curto, que deixava escapar muitos fios pelas orelhas e nuca, fora a bolsa roxa neon (é pq eu sou velha e o termo "fluor" para cores vibrantes é muito atual) de nylon da Kipling que toda adolescente descolada usa com o macaco pendurado. Pra mim ficou parecendo que ela veio direto do Festival Woodstock para o restaurante. 

Analisem, ela estava usando só itens e acessórios caros, então entendo que teria dinheiro para comprar outras roupas mais elegantes que a deixariam mais bonitas e passaria credibilidade.

Sempre passamos por fases na vida né? mas precisamos aprender a esquecer a anterior e entrar na próxima. Eu ja tive a fase da calça de ginástica, a do jeans eterno, a fase hippie, a fase da malha canelada, a fase de fugir das estampas e das cores fortes, a fase de ter tudo preto, a fase do rosa + cinza mescla. Mas agora não sei que fase que estou, só sei que meu armário se transformou em um mixer, tem tanta coisa nele, e não uso nem metade, e estou sempre repetindo as coisas que gosto, ou procurando algo que não tenho. Então pra que manter oque não uso?

Nessa hora eu me sinto um pouco Vani. Dizendo: "Trinta anos de compras e ó: Não tenho nenhuma roupa que eu goste. Se eu falo isso pra alguém, vão dizer que eu sou maluca!"


Hoje cedo, no ônibus, uma mulher mais nova, de seus 30+ anos, loira platinada de farmácia (daquelas que não conseguem manter a cor - leia-se raizes escuras aparecendo) , de vestido de malha vermelho que marcava todo seu corpo obeso, que quando se levantou o vestido parecia que tinha entrado todo pelo ** grudado em sua bunda (ah vcs entenderam) e com uma sandália de verniz preto de dedo com salto mega alto, fora a maquiagem exagerada e derretida com o calor. Me lembrei na hora da Noiva do Chuck.


Ontem no ônibus, parado no congestionamento, e eu em pé na porta pq desceria na próxima parada (odeio gente que fica parada na porta sem necessidade), vejo uma Menina baixinha, bem bonita e arrumada descendo a rua. Cabelos com reflexos bem feitos, uma calça skinny, uma blusa fofa com estampa de onça, colar de pérolas, maquiagem bem feitinhas, mas descendo a rua parecendo que estava CAGADA, calçando um salto mega alto desses meia pata que estão na moda. E escuto dois amigos homens ao meu lado comentando um com o outro: "Ela seria perfeita se soubesse andar com o salto que está usando né?"



E eu que pensava que homens não reparavam nessas coisas, juro! Até que um dia Sr N, comigo no carro, parado em um farol, prestou atenção em uma moça que passava com uma bota da Lui Lui mega alta, com aquele solado de borracha exagerado e disse: "Como é que vocês não acham que isso só deixa vocês feias? com um pé enorme? e parecendo Spice Girls?"


Isso foi um grande motivo para eu repensar minhas escolhas e abrir mão das minhas sandálias globeleza de madeira da mesma marca. E eu que achava que tava abafando sem estar...rs

Onde eu quero chegar com essa postagem sem propósito? De que às vezes a gente esquece de amadurecer o armário, se perde no momento de desapegar das coisas do passado ou da moda e substituir por outras que nos valorizem mais. Pois nem tudo que ta na moda, serve pra todo mundo.

E maquiagem?!?! pode? É tão facilitada utilmamente, barata, tem tanta gente comprando, usando, mas sem critério. Até o ponto que vc cruza com mulheres que erraram a dose do blush e o formato de bola nas bochechas e estão parecendo a Emilia. Vc teria coragem de falar pra ela se olhar no espelho ou usar mais iluminação na próxima vez que passar? nem eu!

Já vi gente usando Pó estilo bronzeado sabe? acho legal, quando bem passado deixa um ar saudável. Mas já vi muita mulher que passa aquilo nas bochechas, Nariz, Queixo e Testa. Mas não passa o restinho que ficou no pincel, e sim um pincel carregado, e as deixa com aparência de pessoas com problemas renais de tão pêssego que ficam.

Fora claro, as maquiagens desproporcionais para o horário, juro deveria ter censura para maquiagem....rs

Carregam em tons dos olhos, brilhos, delineador e máscara de cílios bem escuros e exagerados, em plena luz das 9hs da manhã. Algumas chegam a exagerar tanto, que um dia desses fiquei em dúvida se era uma mulher ou uma Drag Queen

E a sobrancelha? primeiro que algumas pronunciam errado como se ela fosse fazer Sombra(ncelha) aos olhos, tiram tanto que fica aquela linha fina, ou ficam falhas e corrigem com lápis. Só tirar o que ta sobrando já ta bom. Malu Mader ta ai pra provar isso.



E a ditadura do cabelo liso, quem instituiu? ou obrigou? Concordo que tem muito produto novo no mercado que deixa o cabelo alisado, com aparência legal (progressivas, definitivas) Oléo de Argan acho que é a bola da vez né?

Eu ja fiz algumas vezes mas confesso que ainda não me decidi se gosto deles lisos pra sempre, ou se prefiro meus antigos cachos e deixar para alisar fazendo escova quando sentir vontade e lavar depois para os cachos voltarem.

Mas tem muita mulher que não fica bem de cabelo liso, e tem muita mulher usando produtos que deixam o cabelo tão chapado, que parece que levou choque de tão duro.

Mas confesso que alguns cachos continuam me agradando, e acho lindo as negras atuais que não alisam, e fazem penteados meio black, A lá Paula Lima, soltos ou com fivelas grandes, flores, e assumem a cabeleira. Isso pra mim é ter opinião própria e fazer uso dos produtos de linhas específicas para cabelos afro ou crespos que agora tem as pencas nas prateleiras.


Outra coisa é o cofre, o lugar dele é no banco, ou em casa guardando moedas, não exposto nas ruas, bancos e praças toda vez que a gente se senta né não? Mas a culpa é de quem? da bendita confecção nacional, que insiste em ignorar que mulher brasileira tem BUNDA, tem QUADRIL, e só colocam nas lojas jeans piriguete, que deixa todo o capô do fusca à mostra, pois a cintura é tão baixa, que algumas nem poderiam usar calcinha.

Ai fica aquilo né, corpo apertado na calça, e no membro superior uma blusa que além de apertada não cobre a pança de refrigerante (to querendo acabar com a minha) e deixa o Piercing à mostra, e todo mundo parece que ta indo pro baile funk não ao trabalho. Fora claro que só evidencia aquilo que deveríamos esconder ou disfarçar.

Hello indústria da moda, que tal pensar na Brasileira comum? que tem bunda, culote, quadril, é gostosa e ta querendo se valorizar? E que tal respeitar uma numeração padrão? e não fazer a gente louca que em cada loja ou marca precisamos de uma numeração diferente?

Até que a indústria nacional acorde, serei obrigada a continuar usando calças de Bangladesh que deixam meu corpo mais valorizado. E meu cofre protegido.

Muitos podem ler essa minha postagem e pensar ou comentar: "oq vc tem com isso?"Eu não tenho nada, nem você, cada um vive a vida da forma que quer, mas eu tenho pensado mesmo nos exageros que todos nós cometemos ao longo da vida. São mesmo necessários?

Eu não sei usar maquiagem como gostaria de saber (fato!), mas na dúvida uso pouco, ou não uso, só limpo o rosto, hidrato e passo um baton. Pensando sempre no princípio de menos é mais. Meu plano é depois fazer um curso básico de auto maquiagem pra melhora a aparência e diminuir o efeitos da idade que estão chegando.

Essa semana pratiquei o ritual do desapego com algumas bolsas que estavam no armário, pq foram moda, e pq algumas eu já não usava   a mais de ano, então pra que continuar guardando? Sabe quando muita coisa vc guarda pq ganhou de presente? ou pq lembra algo ou alguém especial? ou o pior, ah um dia eu vou usar!

  
Esse pensamento não ajuda em nada!

Acho que to assistindo muito "Cada Coisa Em Seu Lugar" e toda vez que preciso me livrar de algo, imagino Niecy Nash em meu quarto gritando comigo.

Agora vou atacar as roupas, pois desde que me vi em uma foto usando meu inseparável e confortável conjunto esportivo de plush roxo, é que percebi o quanto ele deixa minha bunda maior que é! Ou seja não valoriza em nada. Melhor abrir espaço no armário para peças mais clássicas, funcionais e coringa, que valorizem meus 35 anos conquistados semana passada.

Gostaria também que a indústria de calçados respeitasse mais nossos pés e proporcionassem conforto, aliado a beleza, e também que a numeração fosse padrão! oficial e exigido pelo governo. Pois estou cansada de entrar em uma loja pedir um 39 (é eu tenho pesão e 1,70nde altura) e o vendedor ou tentar me convencer que um 38 serve, ou descobrir que o 39 vendido deveria ser 37 pois foge totalmente ao padrão que deveria existir.

Mas vou colocar na cabeça, que menos é Mais, pra tudo, será meu lema! Será que já to preparando promessas de ano novo? ahahahah não sei, mas sei que agora vou me perguntar antes de me render a moda.

E usar uma técnica que o esquadrão da moda, de me ver vestida com tal roupa, batendo FOTOS dos meu modelitos existentes e fazer o garimpo do que fica, do que será doado, e do que pode ser transformado bem no estilo Dresscue Me.

E quer saber? homens estão certos, a gente é tudo louca. Leiam aqui no Casal Sem Vergonha, para entenderem melhor à respeito da opinião masculina à nosso respeito.

E vc tb vai aproveitar o final de ano e repensar suas escolhas? limpar o armário? praticar o desapego? Não ser escrava da moda? volta aqui e conta pra mim ta?

O item de comentários do blog é novo, mas continua funcionando normal! e com mais opções pra se logar nele com twitter, face, google, yahoo ou apenas convidado.

To esperando seu comentário ta?
Bjs

4 comentários:

  1. Menina, eu amei esse seu post...te entendo perfeitamente. Aliás, tenho na família um exemplar que não envelhece o guarda roupa...é rir pra não chorar. Incrível como roupa curta e decote vira sinônimo de mulher bonita na cabeça de muita gente.

    Amo o Cada Coisa em Seu Lugar, ficaria assistindo o dia todo! hahahahaaaa...

    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia o seu blog, mas menina ADOREI... sou professora e ao longo da leitura vi muita das minhas colegas descritas nas suas palavras. Adorei cada linha e tenho tomado essa frase pra minha vida...não sou muito pegada as minhas coisas ... mas ainda acho que é apenas mais um motivo pra eu sair comprando mais. Para o ano de 2012 vou tentar poupar mais e ser menos exagerada nas minhas escolhas (não que eu seja uma louca, sou tipo basica).
    Beijocas e parabéns pelo Blog, ele é Show de Bola.

    ResponderExcluir
  3. AMEI esse post!!! Confesso q gosto muito de ver fotos nos posts, mas seu texto me prendeu até o fim e chorei de rir com alguns comentários!!!
    PS: Tb estou vendo muito Clean House! E Amo!!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  4. Amei esse blog meu parece eu falando e eu que achava q era a unica q pensava assim...AMEI²

    ResponderExcluir