A Culpa É Nossa

27.1.12 •♥ Sra. N ♥• 19 Comments

PS: JA AVISO, A POSTAGEM É LONGA!. TA COM TEMPO? PUXA UMA CADEIRA E REFLITA COMIGO, OU VAI LER OUTRO BLOG.

Desde o final do ano passado, nosso condomínio retirou as lixeiras dos andares (Seguindo uma norma de segurança do Contru).

Teve quem reclamou de ter que carregar o próprio lixo até o pavimento térreo (por não estar em sua unidade na hora que os funcionários passam pra retirar de porta em porta diariamente). Eu achei a idéia legal incentivando a reciclagem/separação e para que menos pessoas joguem o lixo a prestação em sacolas de supermercado na lixeira que era compartilhada.

Semanas atrás meu suporte puxa saco, que é de tecido, arrebentou a alça que o segurava na parede. Pensei até em procurar um novo, mas meu momento de reflexão sobre o plástico aumentou.

No último dia 25, começou oficialmente a campanha da redução das sacolas de plástico nos supermercados. Oque acho que demorou muito pra começar. Já faz um tempão que em casa fazemos o uso de sacolas retornáveis e caixas plásticas no porta malas do carro para as compras. Mas as sacolinhas plásticas e sacos surgiam até da feira, sacolão e eram armazenadas nesse puxa saco.

Adoro fazer comprar na loja verde da rede do Pão de Açúcar, lá quem é adepto de não usar plástico e sacolas, e muitas embalagens não se ente um ET.

Hoje fui comentar nessa postagem verde e me lembrei dessa reportagem da Super Interessante  de 2009 aqui e aqui.

Não acho que devemos radicalizar igual a tentativa da jornalista da revista, mas precisamos repensar nossas escolhas e atitudes.

Ou vai me dizer que vc nunca usou sacos de papel no supermercado?



Eu nasci no final dos anos 70 e sacos de papel fizeram parte da mina infância ajudando nas compras mensais da família no supermercado. Caixas de papelão descartadas pela loja tb serviam para levar nossas comprar para casa.

E nossas avós que compravam a granel, em armazéns, os grãos de feijão, arroz, eram pesados em sacos de papel!

Não quero que os sacos de papel voltem, se não estaríamos arrumando outro problema, pois papel vem das árvores.

Mas hoje até mesmo os empórios que eu frequento pesam e embalam tudo no maldito saco plástico.

Mas quando as sacolas de plástico começaram a aparecer, eram resistentes, de boa qualidade, e ai morou o perigo, pois os consumidores acharam que poderiam economizar em sacos de lixo reutilizando as malditas sacolinhas, e ai, faziam compras e surrupiavam um monte de sacolas sem nem colocar as compras dentro pra usar de lixo em casa. Meu pai foi um que ficou seduzido com a situação.


Ai os supermercados sacaram que os consumidores exageravam levando sacolas para casa e foram economizando na qualidade das sacolas (que só rasgavam ultimamente). Até com a própria compra, eramos obrigados a usar mais de uma dentro da outra para não perder as coisas no caminho.

Essa cultura Brasileira de levar vantagem em tudo só nos leva para o buraco.



ADENDO: Ou vc acha que o McDonalds passou a entregar os guardanapos contados e embalados em plástico pq? Pq Antes as pessoas iam lá e levavam kilos de guardanapo de papel para casa!

E as sacolas não tinham "tamanhos" adequados para comportar garrafas pet, caixas de leite, etc... eram todas iguais de tamanho padrão, e nós consumidores falando amém e adorando isso...

Refrigerante na casa dos meus pais só eram consumidos aos finais de semana, então entravam na compra de mês, levávamos os vasilhames de vidro dentro de um engradado (me mate se vc tb não prefere o sabor e o gás do refrigerante da garrafa de vidro). Alguém no mercado recebia e nos dava o vale para passar no caixa com as garrafas novas, o engradado era sempre o mesmo, ia e voltava.

Sr. N é um dos que ainda compra cerveja em garrafa, passeia com os vasilhames em uma caixa no porta malas, e prefere assim.

Uma vez, aprovei a atitude de um homem sozinho, de seus 50 e poucos anos, no supermercado da rede Dia, ele passou as compras no caixa, e colocou tudo no carrinho sem sacolas nem caixas, quando ele chegou no carro entendi a razão, seu porta malas tinha dois engradados  grandes de plástico:

Um ele lotou de embalagens sólidas como latas, papelão e plástico ridigos, e outro com as compras delicadas como frutas, verduras, pão, biscoitos. 

Adorei tanto isso que assim que consegui duas caixas plásticas de verduras usadas de feira, elas foram morar conosco. E são de plástico, mas por isso que falei que não precisávamos radicalizar, mas das um bom uso as coisas.

Mas isso envolve organização, e dispor de um carrinho pra carregar depois para dentro de casa!

Nós fomos seduzidos pela indústria, pelo comércio e não falamos NÃO, então a culpa é nossa minha gente.

Ou vai me dizer que assim que a garrafa pet foi inventada você não foi la comprar a novidade? se sentiu moderna e adorou. E mesmo achando que aquela coca cola não mantinha tanto gás como a outra nem o mesmo sabor, continuou comprando né? E de 1 Litro a embalagem passou a 1 1/2 litros, depois 2, e na época de festas tem até a indesejável de 3 litros que nem na geladeira cabe.

Quem foi visitar alguma fábrica de refrigerante (eu fui na época do colégio visitar a antartica) sabe que o processo era criterioso, todas passavam por lavagem, e eram vistoriadas por máquinas e olho humano uma a uma antes da reutilização.

Se a cerveja continua firme e forte com as garrafas, pq refrigerante não pode voltar? Ainda mais agora com a alta tecnologia e maquinário avançado. Geraria mais mão de obra/emprego e nós além disso deixaríamos de ser preguiçosos, por levar e trazer as garrafas pra casa, fazer exercícios e pegar um pouco de peso.

Outra coisa que eu desaprovo é incluir mais plástico onde não precisava. Só para comodidade do consumidor, to falando da embalagem de alguns Sucos, Leites, etc... Que já são Tetra Pack, alguém foi la e inventou a tampa plástica:
 


Não pretendo sugerir a volta da charmosa garrafa de vidro para leite, mas, por que que toda embalagem de leite, suco não pode ser longa vida? sem nada só assim:


É tão difícil cortar uma pontinha com a tesoura, usar, dobrar a ponta e voltar na geladeira para tomar depois?

Eu sei que embalagem longa vida tem plástico na sua composição, e também sei que só em 2007 é que encontraram uma solução para reciclar o plástico e o alumínio dela. Mas precisamos de mais plástico nela, só para nosso conforto na hora de servir e guardar?

Nesse produto eu invejo os leites internacionais (eu sei que também tem leite americano sendo vendido em garrafão pet de 5 ou 10 litros), mas a embalagem longa vida deles sempre foi a MAIS inteligente para abrir, servir e guardar!


Entendem onde eu quero chegar? a Indústria inventa, e nós consumidores dizemos amém! Isso ta errado.

E precisamos de tantas embalagens? e de tantos produtos? Produtos de limpeza é um troço sedutor, tem liquido pra limpar chão, parede, teto, azulejo, vidro, plastico, tecido, pia, box, mas cada um deles, gera uma embalagem, ocupa espaço em casa, e depois que acaba vira lixo! To quase radicalizando nesse departamento e aderindo ao vinagre + Bicarbonato de Sódio pra tudo!

Reciclar é legal, atitude de separar o lixo é ótima, mas só geramos mais lixo com isso. Ou vc consegue ser auto reciclador/reutilizador de todas as embalagens que traz para casa? Se consegue 100% isso parabéns, e compartilhe conosco seu segredo, pois eu adoraria e não consigo, por mais que tente inventar novos usos, não é sempre que consigo.

Mas em casa por exemplo o pote do pó mágico que tira mancha das roupas, já virou cesto transitório de lixo orgânico da pia. (que você sabem que eu odeio lixo de pia) então por isso transitório, pois enquanto cozinho, descasco, pico, toda sobra vai para ele, e assim que termino despejo tudo no lixo central do apartamento e lavo esse pote para ser reutilizado. Mas ja estou com outra embalagem do pó mágico que tira mancha de roupas perto do fim e não faço idéia de que destino dar a ele que não seja o lixo reciclado.

Ainda não coloquei em prática mas pegando idéias boas das coisas que li por ai, tenho planos guardar os sacos de pão de forma, ou sacos de papel de pão francês da padaria, para leva-los comigo ao sacolão ou feira, para pesas nossas frutas e verduras nele, negando o sacos plásticos oferecidos pelo lugar.

Lixo de banheiro também tenho dúvida, tem quem defenda que devemos mandar o papel higiênico pela descarga (e nós mulheres é que gastamos bem mais papel higiênico que homens né gente!), tem quem defenda que devemos descarta-lo como lixo, mas podemos forrar a lixeira com jornal no lugar do saco plástico.

Mas eu não sei ainda esse lance da descarga, pois nunca ouvi nenhum informativo oficial de uma SABESP à respeito, e nenhum meio de comunicação também como por exemplo como já fizeram com o assunto xixi no banho para economizar água da descarga.

15:29hs Giórgia veio ajudar sobre a questão do papel higiênico no vaso, vejam o comentário la embaixo!

Por isso essa postagem longa, pois muitas atitudes de mudança, e principalmente de repensar e voltar atrás em algumas escolhas, depende exclusivamente de nós.

E você? Nos conte!, tem algum segredo de reutilização? alguma dica boa que pegou em algum livro, site, revista, pra compartilhar à respeito desse assunto?

19 comentários:

  1. To boba com esse seu post...
    Já pensei bastante no quanto estamos destruindo nosso planeta, mas nunca como você, a cada dia que passa te admiro mais.
    Parabéns por todas as suas excelentes atitudes, juro que vou tentar melhorar.

    1000 beijos.
    http://apartamentoecasamento.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Eu sempre tento minimizar a utilização das sacolas plasticas. Fico boba, principalmente em farmácias, quando você compra uma cartela de sonrisal e eles colocam em sacola de plástico... Um absurdo! Se couber na minha bolsa eu nego de primeira. E sempre que dá carrego comigo umas dessas eco-bags.
    Adorei o post! Prcisamos mesmo começar a mudar, se não o bicho vai pegar!!!

    Bj

    ResponderExcluir
  3. Oie... primeiro deixa eu falar do comentário que vc deu lá no blog: um dia caí sem querer em um blog que traduziu o sistema pro português e fiquei lá lendo um tempo... interessante. Nem tudo a gente aplica (eu aplico) mas tem muita coisa legal, o conceito é bacana. E pode deixar que vou testar os brinquedinhos novos e conto o que achei...rs
    Eu li uma reportagem que fala que jogar papel na privada é mais verde, mas que o problema é o entupimento do encanamento... aí continuo jogando na lixeira...
    Ser 100% verde sem abrir mão do conforto é impossível, mas se todo mundo reduzir e a gente reciclar o resto, aí dá certo. Aqui em casa conseguimos aplicar algumas coisas (sacola retornável, economia de água...) mas outras ainda estão pendentes (não existe coleta seletiva na cidade e ainda não sabemos o que fazer a respeito). Mas achei a iniciativa do seu post muito bacana! Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. O lance do papel na privada eh verdade sim, esqueci onde li, deve ter sido em algum informativo de biologia, mas o papel ele se desmancha na agua. Faca o teste em um recepiente de agua!

    Aprovo tudo q vc disse! bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu medo é sobre o encanamento, pois dizem que aqui não temos estrutura pra isso.

      Excluir
  5. Adoro reaproveitar, reutilizar e reciclar tudo o que posso. Costumo reutilizar embalagens, principalmente de vidro. Mas, por outro lado, também gosto de um pouco de conforto. As próprias sacolinhas plásticas que eu reaproveitava nos lixos aqui em casa. Quando tinham muitas em casa, eu pegava a caixa de papelão mas, quando não tinha mais, eu pegava as sacolinhas e reaproveitava. Enfim... agora, vou ter que comprar os saquinhos (e pagar por uma coisa que antes eu tinha de graça). É claro que dispenso o uso de sacolinhas que não vou utilizar depois, como farmácias, lojinhas e alguns outros lugares. Aqui em casa, uma vez tive um problema com papel jogado no vaso, então, ficamos proibidos de fazer isso. É claro que, por outro lado, prefiro embalagens retornáveis, econômicas e reutilizáveis...

    ResponderExcluir
  6. Oi. Adoro o blog e gostaria de fazer uma observação quanto ao papel higiênico. Nós, brasileiros, não devemos jogá-los no vaso. O encanamento padrão do nosso país não é preparado para receber o lixo e entope, causando mais transtornos ambientais. Nos EUA, os encanamentos são mais largos, o que permite que eles joguem papel no vaso. Além disso, estudos mostram que se gasta muito mais água para mandar o papel embora na descarga. Quanto à descarga, aquelas antigas,q iam na parede, são as que mais gastam. As atuais têm volume de água padrão (o volume da caixa), evitando assim o desperdício.

    Espero ter esclarecido alguma coisa.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por isso que eu adoro a participação de vocês! Obrigada pelas Dicas Giórgia!

      Excluir
  7. Sra. N,
    quanto as sacolinhas, eu soh uso no mercado para os itens gelados, pois as vezes eles molham as caixas e elas acabam rasgando....
    Já o papel higienico, nem em sonhos jogar no vaso! Ele pode se dissolver na água, mas as curvas e conexões dos encanamentos no Brasil não foram projetadas para isso e nas estações de tratamento os papeis e outras sujeiras são retirados e vão para os aterros sanitários, igualzinho os que foram para o lixo de casa... No final o papel no vaso só atrapalha ao invés de ajudar!
    O maldito potinho do pó magico que tira mancha da roupa! Pensei q só eu sofria pra inventar um uso pra ele.... não dá pra por comida pq era produto de limpeza, eh grande demais pra algumas coisas e pequeno demais pra outras... podiam inventar um refil do pó mágico que tira mancha, pelo menos a gente não gerava tanto lixo....

    ResponderExcluir
  8. Olá...adorei este post...li cad alinha, inclusive o site q vc indicou e o vídeo da jornalista no dia sem plástico...q difícil isso né? Confesso q muitas vezes busco outra alternativa aos plastucos, mas realmente, em alguns casos não é possível substitui-lo...

    ResponderExcluir
  9. Tbm acho que devemos reduzir, reciclar e reaproveitar!
    Mas na prática a teoria é outra como dizem não é?! Eu tentei separar o lixo por quase dois anos e onde moro não tem coleta seletiva, então separava os recicláveis em um saco e o lixo comum em outro pra que os catadores levassem somente o reciclável, alguns levavam só as latas, outros só queriam pet e papelão, só que além de tudo esparramavam meu lixo "sujo" na calçada!! Achei que com o tempo eles perceberiam a intenção, mas que nada, e eu não poderia ficar esperando o caminhão ou cuidando do lixo, sair de ônibus com um saco de reciclagem e uma criança no colo procurando um centro de coleta seletiva não dá, desisti!!
    Mas concordo com seu texto e tbm acho que podemos reduzir o consumo de água e produtos que geram poluição, além de reciclar embalagens(se for possível)!
    Bom final de semana, bjks.

    ResponderExcluir
  10. EU discordo de vc e dessas campanhas anti sacolas plásticas, discordo radicalmente!

    Aqui em casa toda sacolinha é usada para lixo. No banheiro, na pia e, inclusive para o lixo seco que separo para levar a cooperativa de reciclagem eu mesma, já que coleta seletiva é praticamente inexistente.

    Então vamos lá, o supermercado não fornecendo as sacolas plásticas, cujo custo já está inclusive incluso no preço da nossa compra, teremos qe comprar sacos de lixo. Não se enganem, os sacos de lixo não são biodegradáveis, reciclados ou etc, muito pelo contrário, são feitos do mesmo petróleo que as sacolinhas de mercado. Então estamos deixando de ter um direito para ter um gasto, exorbitante aliás, já que o preço dos sacos de lixo só tendem a aumentar, pq a indústria é tudo menos boba. Até aí a extinção das sacolas plásticas não teve nenhum benefício para ninguém, nem para o meio ambiente, nem para as gerações futuras, só para a indústria e o supermercado. Além disso, vamos sair do nosso mundinho de conforto e pensar em uma família de umas 6 pessoas que o pai ganha salário mínimo e a mãe está desempregada e tem que comprar comida para o mês, sinceramente é desumano essa família deixar de comprar 15 reais (aproximadamente) para comprar saco de lixo.

    Se proíbem a sacola de supermercado tbém devem proibir que os mantimentos sejam vendidos em sacos plásticos que também não sejam biodegradáveis, o saco do feijão, do arroz, do cereal, do chá... Esses sacos, que só tem como destino o lixo, também devem ser regularizados ao mesmo tempo que as sacolas de supermercado. continua...

    ResponderExcluir
  11. Além disso, para variar, estão tratando o povo como idiota. Já explico. Se o povo não sabe dar a destinação correta para suas sacolinhas plásticas, acabamos com elas. Oras, estamos no ano de 2011 e as pessoas ainda se contaminam com AIDS porque não usam camisinha, vamos cortar os pintos e costurar as vaginas dos seres humanos? Pessoas bebem, dirigem e causam tragédias épicas no trânsito, então vamos queimar todos os carros, proibir sua fabricação e venda?

    É preciso educar o povo, instruir para a destinação correta das sacolinhas de mercado. Se 100% das que forem pegas no supermercado forem utilizadas como saquinhos de lixo, ficamos no 0X0 com o planeta, já que não estaremos comprando mais plástico com sacos de lixo (que aliás são tão ruins como as sacolinahs de mercado).

    Outra sugestão que ecologistas imediatistas deram foi usar um saco feito de jornal para o lixo do banheiro, pois bem, faça isso e seu papel higiênico vai ficar lá na lixeira do seu prédio o resto da vida. Os lixeiros só levam lixo embalado e a instrução quanto a isso é bem clara.

    Ideal seria fazer como fazíamos há 20 anos. Cada família tem sua lixeira, sem sacos, no dia do lixeiro, essa lata de lixo fica lá na calçada, o lixeiro a despeja diretamente dentro do caminhão e devolve e a lata para a calçada, no dia seguinte vc recolhe a sua, lava e usa novamente. AH, mas dá um trabalhão, né? E, reforçando, os lixeiros não levam mais lixo que não esteja embalado.

    Quando às caixas de papelão, é outro engodo, já que o papelão tem resíduos tão tóxicos quanto as sacolas plásticas, depois de usar essas caixas que os mercados descartma, qual a destinação que as pessoas dão a elas? Vai pro lixo, pronto continuamos contaminando o solo.

    Mais uma vez a solução é a educação. Instruir o povo ao que fazer com o seu lixo, como geri-lo e descartá-lo. mas educação custa caro é muito mais simples aplicar restrição às pessoas, contando com uma imprensa alienada que produz reportagens apenas com um lado da história. É necessário pensar em todas as consequências.

    Sugiro então que todos adotemos medidas enérgicas exigindo dessas pessoas que querem acabar com as sacolinhas de mercado que obriguem TODOS os embaladores a usarem embalagens recicláveis INCLUSIVE OS SACOS DE LIXO, aqueles que somos OBRIGADOS a comprar para ...embalar o lixo que até então ia nas sacolas culpadas...
    ARROZ
    FEIJÃO
    LEITE
    E TUDO MAIS ...
    deve ser reciclável e reciclado. As próprias emrpesas devem ser responsáveis pela destinação dessas embalagens após a utilizarmos. E EXIGIR que a coleta seja SELETIVA em todas as cidades que aderirem a retirada das sacolas. Se é para defender o meio ambiente, que seja para valer e não só as sacolinhas, pagas pelos mercados. E que não se enganem dizendo, ah mas acabar com a sacolinha já é um passo. Um passo pra quem eu pergunto?!

    Enfim, seu post foi longo, meu coment tbém... mas afirmo, a solução para verdadeiramente proteger o meio ambiente é educação e não restrição.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não discordo de vc Fernanda, e tb acho que só o lance das sacolas não resolve nada. Mas admito pra vc que eu prefiro comprar sacos resistentes e maiores e ter um lixo único em casa para ser retirado e levado para o lixeiro. É mais fácil que passear com 10 sacolinhas pequenas amarradas, transparentes e que muitas vezes precisam de duas ou três uma dentro da outra para segurar o lixo direito.

      Tb não gosto das embalagens de alguns produtos que tb são de plástico, e concordo que se é para deixar de existir que sejam para todos.

      E acho que falta educação pra muita coisa inclusive lixo e reciclagem.

      Excluir
  12. OI ... quanro tempo não venho aqui neh!!!
    Então adoreiii o post...
    Desde que casei.. tento mudar meus habitos...
    Para fazer compras sempre levo minhas sacolas eco... mas achei a ideia da caixa mega iteressante.. pois mesmo nas sacolas.. acaba amassando coisas mais delicadas....
    Bom minha mãe é costureira e fez uma sacola dobravel para mim..fica do tamanho de uma carteira, então sempre tento mate-las na bolsa. Mas tem algumas coisas que não tem jeito...
    Ontem eu vi uma reportagem em algum jornal.. e como nao tinha mais sacolinhas nos supermercados, o pessoal tava embalando as compras nos saquinhos que fica na area das verduras sabe... brasileiro sempre da um jeitinho para tudo...
    Sobre o papel higienico, eu ja sabia que entupia, pois meus tios são encanadores e ja me disseram isso.
    acho que agora eles devem inventar formas de reutilizar as proprias embalagens, gosto muito da ideia de refil...
    a natura por exemplo, ela vende refil somente de alguns produtos.. e de alguns não vende... mas se vc juntar e entregar as embalagens para uma revendedora ela pode devolver para ser reciclado... acho que falta informação
    bju

    ResponderExcluir
  13. Meu Deus ...
    isso foi uma verdadeira aula de tudo!:)

    Fernanda Pereira
    eu concordo com vc mais a respeito da extinção das sacolas culpadas
    que na verdade não teem culpa e vão pagar o pato pela culpa que na verdade são dos humanos em geral .
    com certeza eu fiquei muito em duvida depois de le esse post e esses comentario não sei nem o que falar pois pra tudo tem um pouco de verdade e logica.
    Bjo a todas!

    ResponderExcluir
  14. Hum post complexo esse hein, todo mundo com opinião...
    Adorei!
    Bjss

    ResponderExcluir
  15. Muito pertinente e bem lembrado o assunto do seu post.
    Custa cortar a caixa longa vida com uma tesourinha? Custa? E assim por diante viu amiga...
    Há mais de duas décadas venho poupando, reutilizando, reciclando tudo o que eu posso. Meu desafio no Blog tem sido este. Como tornar possível viver com menos e mais sustentável.
    Mandou super bem!
    Bjus
    yvone

    ResponderExcluir
  16. Aqui em casa descartamos o papel higiênico no vaso sanitário e em mais de 12 anos nunca tivemos entupimento em nenhum dos banheiros.
    Há uns 6 anos deixamos de utilizar as sacolinhas plásticas. Temos várias sacolas de tecido/lona no bagageiro do carro e uma toda dobradinha na bolsa. Também passamos a reutilizar os saquinhos das frutas e verduras, colocando sempre em uma das sacolas de lonas, para quando voltamos ao mercado.
    Fazemos compostagem dos resíduos orgânicos, garantindo adubo para nossa horta.
    Enfim, pode não salvar o mundo, mas procuramos colocar em nossas atitudes um carinho pelo planeta.
    Sem que para isso precisemos nos tornar bichos-grilos ou ecochatos.
    beijim

    ResponderExcluir