Congelamento - 3° Capítulo

2.6.13 •♥ Sra. N ♥• 3 Comments

Já que o dia ta frio mesmo, que tal falar de um assunto frio?...rs

Vamos a terceira parte sobre congelamento.

Regrá básica: NEM TUDO PODE SER CONGELADO!

Alguns alimentos, não apresentam bom resultado depois que foram congelados.

Frutas depois de congeladas não poder ser servidas ao natural, mas podem ser usadas para sucos, recheio de bolos ou tortas, sorvetes.

Hortaliças,  usar uma técnica chamada branqueamento. O branqueamento se refere à lavagem correta das hortaliças escolhidas e em seguida, deve-se submergir o alimento em água fervente e rapidamente colocá-lo em água fria, para que ocorra o choque térmico e a parada do cozimento.

Vegetais para serem consumidos crus: os folhosos, (alface, agrião,escarola, rúcula, etc.) murcham e perdem o sabor, mas alguns podem ser congelados cozidos ou refogados ou branqueados como couve flor ou brócolis; 

Eu congelo abobrinha depois de refogada com todos os temperos, dá super certo... Conheço pessoas que congelam a escarola tb refogada... então só para eles "in natura" que não dá certo ok?

Batatas cozidas: sozinhas, altera textura e sabor quando descongeladas, mas também pode ser usada como ingredientes na proporção de 30%. (por exemplo um escondidinho!) 

Maionese e Molho Bechamel sozinhos, quando descongelados viram água. Só congelam bem, se usados em proporção de no máximo 30% em relação aos outros ingredientes no preparo de alguns pratos. (exemplo novamente o creme branco do escondidinho)

Cremes a base de Amido de Milho (Maizena): dessoram e perdem textura. Vai fazer o creme branco? use farinha de trigo, assim pode congelar.

Pudins ou cremes: que tenham leite e ovos como ingredientes principais pois ele se separam durante o descongelamento.

Claras cozidas, ovos na casca: perdem a textura. Porém clara de ovo, aquela que sobrou que você só usou a gema, pode ser congelada sim e utilizada depois para um suspiro, cobertura de uma torta. É só tirar do freezer e em temperatura ambiente esperar ela voltar a sua condição normal

Iogurte e coalhadas caseiros: não possuem estabilizante, como os industrializados, que podem ser congelados.

Alguns queijos: como ricota e queijo de minas, não possuem gordura suficiente, por isso talham e rançam.

 A embalagem correta também é muito importante no processo de congelamento/descongelamento.

Frutas
inteiras - sacos de polietileno ou recipientes plásticos rígidos (eu congelo assim apenas bananas para depois fazer smoothies)
picadas ou purês - recipientes de plástico rígido - purê como o de legumes ou polpa de fruta é mais tranquilo forminhas de gelo.

Vegetais: recipientes de plástico rígido ou sacos plásticos: em bandejas de alumínio descartável coberta com filme de polietileno ou papel de alumínio para pré-congelar e depois colocar no saco.

Carnes
cruas - sacos plásticos, filme de polietileno ou papel de alumínio. Para facilitar a utilização, separe em porções, intercalando com papel de alumínio ou manteiga (no caso de hamburgueres).

cozidas ou assadas - se não contiverem molhos, podem ser embrulhadas em papel alumínio e colocadas em sacos plásticos. Com caldo de cozimento ou molho, devem ser acondicionadas em recipientes de plástico rígido.

Aves
cruas - limpas, acondicionadas em sacos plásticos.
cozidas - recipientes de plástico rígido se cobertas por molho ou caldo de carne. Por cima do molho é interessante uma camada de papel filme/alúminio.

Bolos: após o congelamento em aberto, devem ser embrulhados em papel manteiga ou  alumínio e embalados em sacos plásticos sem ar. E descongelados em temperatura ambiente voltam a textura normal.

Tortas: bandejas de alumínio descartáveis cobertas por filmes plásticos ou papel alumínio

Molhos e sopas: recipientes de plástico rígido. Ótimo aqueles copos descartáveis com tampa.

Purês: recipientes de plástico rígido ou fôrmas de alumínio, ou em saco plástico, dentro de outro recipiente rígido, quando estiver congelado (enformado), retire do recipiente e reforce com saco plástico e retorne ao freezer. Também podem ser congelados em formas de gelo e desenformadas no saco depois do congelamento.

Dica 1: Sobrou vinho no fundinho da garrafa? ou um pouco de cerveja (principalmente as escuras), ou o restinho daquele molho da carne que foi feita no forno ou na pressão?  Os legumes cozidos.... congele em forminhas de gelo, os quadradinhos depois podem dar um sabor "extra" até em um arroz ou um refogado da semana que vai ganhar ar de festa.

Dica 2: Marmitas se você precisa disso para você ou seu marido, sugiro que compre vários potes do mesmo tamanho que se empilhem com facilidade no freezer, e sempre que for fazendo uma mistura gostosa, tire um ou duas porções dela e coloque em uma ou duas marmitas, deixando espaço para depois completar com um arroz ou algo mais que você fizer depois (vale até completar com comida de outro dia). Assim pode ter sempre variações pra não ter que comer a semana toda a mesma coisa.

Ah e se vc perdeu as outras postagens de congelamento, é só voltar aqui e aqui

3 comentários:

  1. Hunnn bem legais as dicas Sr. N. Eu não congelo quase nada rsrsr! Vamos tentar né.

    Beijos e obrigada pelas dicas

    Fran
    Ninhodocravoedaflor

    ResponderExcluir
  2. adorei as dicas, eu sempre fico na duvida do que posso congelar e como posso fazer isso... como em casa só são duas pessoas eu gosto de ter congelados pra facilitar e também diversificar os sabores!
    Boa semana!
    Bjo Bjo

    ResponderExcluir
  3. Oii! Tão lindo seu blog. Amei!
    Seguindo! :)
    http://coisadeamanda.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir